25 abril 2016

  Objeto de Arte: Feedback



                                 
O objeto de Arte Feed back é uma instalação criada especialmente para a exposição “Retorno e Recorrência” e se apresenta como um tipo de mecanismo através do qual possamos conhecer a nós mesmo.

Montada no meio do espaço expositivo, a instalação é composta por três objetos: um oratório, uma mesa e uma cadeira. O oratório é um objeto novo, de madeira, e está posicionado sobre a mesa, de madeira, que acompanha uma cadeira, também de madeira, ambas desgastadas pela ação do tempo, e em seu interior ao invés de santos e imagens um espelho.

Do oratório foram retirados santos e imagens para dar lugar a nossa própria imagem, para que assim possamos fazer um retorno a nós mesmo a fim de lembrar que o que vemos, é sempre um reflexo do que não somos no lugar de ser tudo o que somos.

A “realidade física” como chamamos, é um reflexo do nosso estado de ser do nosso estado de consciência. Temos que ver e viver a “realidade física” como sendo um reflexo similar a idéia do reflexo no espelho. Sabemos que quando olhamos pra um reflexo que não estamos “lá”. E nós sabemos que pra mudar o reflexo no espelho não vamos até o reflexo. É preciso mudar a si próprio, para ver a mudança no reflexo. Então, a realidade física sendo um reflexo, uma sala de espelhos opera sob o mesmo tipo de estrutura. Então qualquer mudança que quisermos ver, no chamado “reflexo”, “realidade exterior” precisa começar por dentro, precisa começar na realidade interior.

Muitos de nós nos conformamos apenas com a nossa própria  existência, sem querer explorar a origem das coisas. O que somos nós! Dentro de nossa consciência! Dentro da nossa vibração! Dentro do nosso estado de ser!

A santidade de nosso livre-arbítrio não pode ser violada. Ou nós remamos e cavalgamos a onda ou ela deixa de funcionar em nós e, talvez se dissipe nas margens do tempo por falta de conhecimento ou reposta. E todo o ciclo pode necessitar ser repetido de novo.  Acorde!

Ficha técnica:
Nome da obra: Feed back
Ano: 2016
Autor: Solange Alves
Dimensões: 153X107X45cm
Técnica: madeira
Movimento: Arte Conceitual